Posted by : Monik Ornellas



Há um fenômeno dentro da realidade que eu adoro e me encanta profundamente: o “Espelhamento”.


Imagem de Daniel Curval


É muito comum entendermos que certos aspectos do outro que nos incomodam, estão espelhando aspectos meus que não aceito. É comum, embora não seja fácil de aceitar.


Mas e se eu dissesse que o espelhamento está em tudo? Como assim tudo? TUDO, literalmente  TUDO.


Todas as respostas e soluções, como também toda complexidade e dificuldade estão dentro de nós. O comum é que a simplicidade das respostas e soluções estejam soterradas pela complexidade e dificuldade que criamos, rs.


Dentro de mim há uma antena, e ela está constantemente enviando sinais e mensagens de todo tipo, porém, como não aprendi que tenho esse dispositivo e por isso, não só NÃO sei acessá-lo, como ignoro sua existência. Mas ela está lá enviando seus sinais 24 horas por dia.




Se você manda uma mensagem, o que obtém? Resposta. Essa antena interna que temos está sempre mandando mensagens e estamos sempre recebendo as respostas na forma de situações, pessoas, oportunidades (ou a falta delas), amizades, projetos, amores, convites, parcerias, empregos, grupos........... todas as situações do dia-a-dia são respostas às mensagens que mandamos (consciente ou inconscientemente). (O texto Vibração, Freqüência e Ressonância complementa ajuda no entendimento desse princípio)


Se você começar a observar seu mundo, sua realidade e todos os acontecimentos dentro dela, irá passo a passo, bem devagar perceber quais as mensagens está enviando para receber tais respostas. Isso é estar consciente dentro da realidade: é quando vejo algo que não me agrada e resolvo mudar, para assim, mudar a resposta. Simples, muito simples.


Mas para quê essas respostas? Qual a função disso? Porque essas respostas são o reflexo de nós, do nosso mundo interno, das nossas dúvidas, dos nossos medos, nossas alegrias e tristezas. E elas são mensagens vivas que ganham vida na vida para que possamos interagir, destrinchá-las e, principalmente, re-significá-las, ou melhor, mudar.




Relacionamentos
Que qualidade de relacionamento você tem na sua vida? É livre, parceria, companheirismo, possessivo, pegação... ?  E suas amizades?
Nossos relacionamentos contam altas histórias sobre nosso mundo emocional interno e se a mensagem que estamos mandando é de carência, dependência, aprovação entre um milhão de outras possibilidades.


Trabalho
Que tipo de emprego você tem? Gosta do que faz? Trabalha para viver ou vive para trabalhar?
Nossos trabalhos contam muito sobre nossa auto-valoração, nossos potencias e criatividade. É incrível, mas a maioria das pessoas ignoram seus dons e talentos, pois aprenderam que não os tinham.


Família
Nossa família é um excelente espelho sem aço que fala de todas as pendengas que trouxemos para resolver. Esfregam no nosso nariz tudo aquilo que detestamos ver e além de vermos o reflexo de nossas sombras, ainda nos sentimos na obrigação de amá-los, por que afinal, são nosso sangue, rs.


Se Apaixonando
O objetivo é que você se veja, se sinta e se perceba nas situações, que aprenda sobre esse mundo interno refletido e que tome, de forma consciente, as decisões de mudança. Sabendo que tudo à sua volta são respostas às suas mensagens e que por conseguinte, você é a resposta da mensagem de alguém. Logo, todas as pessoas e situações que antes nos incomodavam, agora se tornam ferramentas que nos ajudam na auto percepção, no auto conhecimento e vice-versa.


Esse é um assunto que normalmente dá muito pano pra manga: as pessoas que nos irritam, situações que nos estressam, coisas que acontecem do nada e todo esse rico universo auto criado que nos cerca!


Observar a realidade como um espelho inicialmente choca, mas depois vamos reconhecendo a beleza por trás de cada processo, fazendo limpezas, se deliciando com a interatividade, assumindo responsabilidades sem culpa e criando momentos cada dia mais felizes.


Esse é um princípio muito lindo... Quando aprendemos a observá-lo e aceitá-lo, entendemos o espelhamento em todas as coisas, deixamos de criar resistência à experiência e passamos a ser adoradores de nós mesmos.


Meu convite é: Olhe-se no espelho!






Como uma caminhante, também estou no exercício diário de cada coisa que escrevo, e o melhor disso tudo é poder compartilhar.

Não esqueça, VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO(A).
Compartilhe também.

"Só podemos dar o melhor de nós, a partir do transbordamento de quem somos. 
Caso contrário, é trocar migalhas".
Monik Ornellas

{ 1 comentários... read them below or add one }

Deixe suas dúvidas ou mande um e-mail.

- Copyright © Monik Ornellas - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -